O cenário tecnológico em que vivemos atualmente requer que tenhamos alguns cuidados, não só no ambiente empresarial, mas também no ambiente doméstico, já que, existem diversos hackers e usuários mal intencionados espalhados pela rede, que compartilham vírus e arquivos contaminados, com o objetivo de acessar informações sigilosas de empresas e usuários comuns, e assim, conseguir algum dinheiro em troca. É por isso que, alguns cuidados devem ser adotados, para se prevenir contra possíveis ataques cibernéticos e não sofrer com dores de cabeça no futuro. Para isso, podemos contar com algumas ferramentas e orientações da segurança da informação, que servem para nos proteger destes usuários, e permitem que naveguemos e compartilhemos informações, tanto na rede de nossas empresas, quanto fora delas, sem sermos perseguidos e sem correr nenhum risco. Veja os principais cuidados que devem ser tomados e implemente-os agora mesmo em sua empresa. 10 Dicas preciosas de segurança da informação É cada vez mais frequente vermos notícias de empresas e pessoas comuns que tiveram suas contas na internet acessadas por usuários mal intencionados e que espalharam informações sigilosas na rede. Para garantir que isso não aconteça, nem com você e nem com os dados da sua empresa, confira estas dicas e elabore uma política de segurança da informação em sua organização. 1. Cuidado com suas senhas A primeira dica tem a ver com algo que todos nós temos, e que não são poucas, que são as inúmeras senhas que temos que cadastrar para acessar o computador na empresa, o e-mail corporativo, a intranet, as redes sociais, o aplicativo do banco e muitas outras. Para nos protegermos, é preciso criar senhas complexas, com caracteres, letras e números, para que assim seja ainda mais difícil descobri-las. Além disso, é aconselhável trocar as suas senhas constantemente e não compartilhá-las com ninguém, já que elas são pessoais e intransferíveis. 2. Analise os e-mails recebidos Este é um dos meios mais utilizados por hackers para infectar seus dispositivos com vírus e, assim, acessar suas informações e também às de sua empresa. Para evitar que isso aconteça, tome bastante cuidado e analise seus e-mails e, ao menor sinal de desconfiança, simplesmente não abra a mensagem, pois ela pode conter malwares (espécie de vírus) capazes de se infiltrar em seu computador, por exemplo, e acessar todas as informações que você não quer compartilhar com ninguém. Sendo assim, evite ao máximo abrir mensagens que remetentes desconhecidos. 3. Não forneça dados pessoais Para não se tornar mais uma vítima de fraudes na internet, evite ao máximo fornecer dados pessoais e informações sigilosas da sua empresa na rede e para qualquer pessoa, pois, infelizmente, nós não conseguimos ter a total certeza de que as pessoas com as quais estamos lidando, são completamente idôneas. É por isso que, se não for um caso de extrema necessidade, desconfie e se recuse a fornecer as suas informações pessoais a estranhos. Bancos, por exemplo, não ligam pedindo senhas de cartões ou contas. Fique esperto e, ao mínimo sinal de fraude, contate seu gerente. 4. Invista em um backup Esta é uma medida de segurança da informação que deve ser adotada por todos os tipos de empresas, independente de seu porte ou segmento, pois, caso ocorra de seus dados serem acessados e apagados por visitantes indesejados, você pode contar com um backup das informações de sua organização e não vai precisar sofrer porque perdeu todos os dados que tinha. 5. Instale antivírus Os antivírus vão manter os dispositivos que você utiliza, seja celular, tablet, notebook ou desktop, protegidos contra possíveis ataques que seus dados ou os dados que sua empresa pode sofrer. Mantenha-os sempre atualizados, para que assim, você possa garantir que a segurança das informações seja mantida. 6. Oriente seus colaboradores Entregue cartilhas de boas práticas de utilização da internet, dos equipamentos e também dos dados e informações de sua empresa, pois seus colaboradores são seus grandes aliados nesta empreitada. Se for preciso, realize treinamentos para que suas equipes de trabalho saibam como se manterem protegidas em quaisquer ambientes em que navegarem. 7. Uma equipe de TI é sempre bem-vinda Se a sua empresa ainda não conta com uma equipe especializada em tecnologia da informação, está na hora de investir neste ativo, pois, com certeza você vai precisar deste tipo de profissional, para manter a segurança de seus dados em dia no ambiente virtual. E se você já conta com profissionais de TI, peça a eles que fiquem sempre de olho em quaisquer movimentos estranhos que possam surgir, e que também mantenham os softwares e ferramentas de segurança, como antivírus, sempre atualizadas. 8. Cuidado com dispositivos removíveis Tenho certeza absoluta que você sabe o quão perigosos são alguns tipos de dispositivos removíveis, como pendrives, por exemplo. Isso acontece, pois como eles vivem sendo utilizados em diversos computadores, acabam ficando vulneráveis a vírus e podem ser infectados por estes. Neste sentido, recomenda-se que feita uma análise de boqueio ou restrição da utilização destas mídias nos equipamentos de sua empresa, para que assim, esta se mantenha sempre protegida de ataques. 9. Criptografe as informações sigilosas Se existem informações sigilosas de sua empresa, que você quer que apenas uma pequena quantidade de pessoa tenha acesso, então o meu conselho é que você invista em criptografia, que nada mais é do que a codificação das informações ou dados, que impedem que qualquer indivíduo tenha acesso a eles. 10. Tenha uma rede compartilhada A maioria das empresas já conta com este mecanismo, que evita que o compartilhamento de suas informações ou dados seja realizado por meio de dispositivos removíveis, ou através de e-mail, por exemplo. Quando uma organização opta uma rede compartilhada, ela está garantindo que somente pessoas autorizadas tenham acesso às suas informações. Como pudemos observar ao longo deste artigo, a segurança da informação nas empresas pode ser realizada de diversas formas. Mas uma das principais dicas, que devemos levar, não só para o ambiente de trabalho, mas para fora dele também, é o cuidado e a atenção constante com qualquer tipo de movimento ou informação suspeita de pessoas igualmente suspeitas. Desconfie sempre e não se deixe enganar por usuários maliciosos na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *